Uma Série de Desgraças não é a típica série infanto-juvenil

É realmente Uma Série de Desgraças: não lhes bastava a morte dos pais num acidente que incendeia a sua casa, os três irmãos Baudelaire vão cair nas mãos de um Conde que só está interessado na sua herança e em números musicais de gosto duvidoso. Ao longo de 13 livros, o autor Daniel Handler construiu uma deliciosa, mas muito negra. história que depois de agradar ao seu público alvo de jovens e adolescentes, mostrou ser transversal o suficiente para agradar a qualquer geração. A adaptação para série de televisão chegou esta ano pelas mãos da Netflix e é já um dos primeiros momentos altos dos serões televisivos de 2017. Não percas nem mais um minuto e entra tu também no mundo de Uma Série de Desgraças. Vê aqui 5 argumentos para te convencer.

  1. Mais uma série em que as crianças brilham

    No último ano já é o segundo bom exemplo (Stranger Things, sendo o primeiro) da dinâmica que um grupo de jovens actores podem conseguir quando têm argumento e diálogos à altura. Malina Weissman, Louis Hynes e Presley Smith são os actores encarregues de trazer à vida as crianças Baudelaire e são um sucesso de casting.

    Mais uma série em que as crianças brilham
    5 Pontos
    Votar 12345
  2. Chega onde o filme não conseguiu

    Já tinha chegado ao cinema uma versão de 2004 que, apesar de eficaz e receber a simpatia da crítica e do público, soube a muito pouco. Não conseguiu criar o hype que outros “monstros” da altura obtiveram mas a versão agora produzida pela Netflix traz muito mais pormenores e tempo para que o público se apaixone pela série.

    1 Pontos
    Votar 12345
  3. É um sucesso global

    Com 13 livros e 65 milhões de cópias vendidas no CV, Uma Série de Desgraças não precisa de provar o quanto caiu nas boas graças do público. O último livro é de 2006 mas desde então que os fãs gostariam de ver respondidas todas as questões que o último capítulo levantou.

    0 Pontos
    Votar 12345
  4. Não é só para crianças

    Apesar de se basear nas desventuras de 3 órfãos às voltas com os obstáculos que o mauzão lhes coloca pela frente, o título da série diz muitos sobre o tema central da história: é uma narrativa repleta de humor negro, mas daquele tipo que tantos crianças como adultos conseguem perceber e identificar.

    0 Pontos
    Votar 12345
  5. Tem Neil Patrick Harris num dos papéis principais

    O antagonista das três crianças é o excelente Barney de “How I Met Your Mother”, no papel do Conde Olaf, e adaptou-se perfeitamente ao perfil narcisista e psicótico da personagem dos livros. Com um papel à sua altura, Neil Patrick Harris volta a brilhar.

    0 Pontos
    Votar 12345